Espalhe por ai:

Na tarde desta quarta-feira,30, durante entrevista no programa Bahia No Ar, apresentado pelo radialista Roque Santos, a secretária de Educação de Camaçari, Neurilene Martins, negou a existência de funcionários fantasmas em sua pasta, conforme foi divulgado pelo site Camaçari Agora, na última semana.

Na oportunidade, Neurilene afirmou que atualmente a pasta tem cerca de 1800 professores, mais 1500 não docentes e acrescentou que servidores que possuem problemas com a frequência estão respondendo a processos administrativos. “Um problema como esse, a gente precisa responder e provar. Não existem funcionários fantasmas. Todos eles estão trabalhando”, falou.

A titular da Seduc esclareceu ainda, que as pessoas citadas como fantasmas são servidores lotados regularmente em suas escolas de origem, porém houve um erro na transmissão de dados entre a Secad e a Controladoria, em relação aos código dos servidores. Ou seja, segundo a secretária, o funcionário existe, trabalha normalmente, porém o código citado indica que ele atua em outra pasta.

Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Lei torna o casamento monogâmico em regra geral no Guiné

Espalhe por ai: O parlamento de Guiné alterou