Espalhe por ai:

O senador Paulo Rocha (PT) reafirmou nesta quinta-feira (14) que o Partido dos Trabalhadores vai registrar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República no dia 15 de agosto. Durante discurso no Senado, o baiano acompanhou os colegas de partido e também se referiu ao ex-presidente como “um preso político que foi condenado sem provas”. “Lula sofre perseguição judicial sem paralelo na história do Brasil”, discursou o parlamentar. Para o senador, “parte do Judiciário revogou a regra constitucional da presunção de inocência” e Lula acabou condenado e preso sem provas, o que o caracterizaria um preso político. “Condenar Lula é condenar a democracia, é condenar o povo à situação a que chegamos, é condenar o Brasil ao atraso, ao retrocesso”, completou.

Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

SAÚDE – USF de Barra do Pojuca será reinaugurada na segunda-feira (04)

Espalhe por ai: Após os serviços de requalificação