Espalhe por ai:

O Ministério Público alega que o horário escolhido pela emissora é inapropriado

Agência Estado

Atualizada às 09h55

O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais informou na quinta, 4, ter ajuizado ação civil pública contra a Rede Globo. Entre outras medidas, é pedida a condenação da emissora por danos morais coletivos, no valor de R$ 14,8 milhões, devido à exibição do programa O Álbum da Grande Família em horário infantojuvenil (6h às 20h).

Segundo o MPF, programas com classificação indicativa não recomendada para menores de 12 anos só podem ser exibidos após as 20h. Antes disso, só são permitidos programas com finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas, o que para os procuradores não seria o caso do humorístico, que até 2014 era exibido à noite e a partir de 2017 passou a ser reprisado à tarde.

A classificação indicativa de TV é regulamentada por portaria que estipula o tipo de programa aceitável para cada horário. O inquérito contra a Globo foi instaurado na Procuradoria da República em Minas, que diz ter notificado a emissora em fevereiro para que retirasse a atração da faixa das 15h. E recebido a resposta de que isso não aconteceria, o que levou à ação na Justiça.

Para o procurador Fernando de Almeida Martins, a conduta da Globo será sentida no futuro por crianças e adolescentes que tiveram acesso a esse conteúdo com “efeitos nocivos”. E diz que o pedido de indenização está baseado na legislação referente ao direito do consumidor. “As pessoas, em especial, as crianças que assistem às obras audiovisuais também são consumidoras.”

No processo ele alega ainda que “ao exibir cenas de drogas lícitas e conteúdo sexual”, a emissora “ofende os interesses e direitos do público infantojuvenil”. Também é requerida multa diária de R$ 30 mil por descumprimento da faixa horária.

Leia Também

História do programa

A Grande Família foi exibida inicialmente entre 1972 e 1975, tendo na época enfrentado problemas e cortes da censura do regime militar. A nova versão, iniciada em 2001, repetiu o sucesso do passado com um elenco estrelado por atores como Marco Nanini e Marieta Severo.

O Álbum da Grande Família reúne episódios de várias temporadas, mostrando a evolução dos personagens que formam a Família Silva, protagonista da série. Procurada pelo Estado para comentar a denúncia, a Globo informou que não se manifestará a respeito, pois, ainda não recebeu “nenhum documento ou intimação sobre essa ação civil pública”.

A Grande Família ficou 14 anos no AR

17mar2014---elenco-participa-da-ultima-temporada-de-a-grande-familia-que-acontece-no-projac-no-rio-o-seriado-estreia-em-10-de-abril-na-globo-1395103674436_956x500
Equipe do programa na coletiva de imprensa da última temporada.

O seriado atual é uma reinterpretação da série original de 1972 que por usa vez foi baseada na série americana All in the family produzida pela CBS em 1971 e foi a primeira série de costumes exibida pela rede globo alcançando índices altos de audiência rapidamente.

Em 2001, a Rede Globo resolve homenagear a série de grande sucesso, adaptando à realidade dos anos 2000. A família de classe média logo cai no gosto do brasileiro pois, retratava suas dificuldades, angústias, lutas e alegrias com muito humor e simplicidade. Um grande elenco, tanto nos personagens fixos quanto nos que entravam e saiam durante a série, grandes nomes da teledramaturgia passavam por ali e assim a série ficou 14 anos no ar.

A_GRANDE_FAMÍLIA.
Elenco de A Grande Família em 2001

Estreando em março de 2001, chegou a sua décima temporada em 2013 tornando-se a maior série brasileira no ar, indicada a vários prêmios, sendo que em 2008 foi indicada ao Emmy de melhor ator pela interpretação de Pedro Cardoso como Agostinho. No elenco da nova versão estão Marco Nanini (Lineu), Marieta Severo (Nenê), Lúcio Mauro Filho (Tuco), Rogério Cardoso (Floriano), Pedro Cardoso (Agostinho), Guta Stresser (Bebel) e Marcos Oliveira (Beiçola). Em 2003, Rogério Cardoso que fazia o avô Floriano, faleceu e o elenco se reuniu e foi unanime a decisão de não substituir o ator do personagem e então Seu Floriano sai de cena e com isso outros personagens fixos entraram e saiam da série depois um tempo, como acontecem em todas as famílias com amigos e vizinhos que entram e saem de nossa história. Uma das estrelas que ficou um tempo na série foi Andréa Beltrão como a a cabeleireira Marilda, grande amiga de Nenê e muitas outras grandes participações como também é o caso do mecânico Paulão vivido por Evandro Mesquita que fica até o final da série nessa quinta-feira.

agostinho-pedro-cardoso-bebel-guta-stresser-florianinho-vinicius-moreno-tuco-lucio-mauro-filho-lineu-marco-nanini-e-nene-marieta-severo-e-em-a-grande-familia-2014-1396991941450_956x500
Elenco da última temporada

Após 14 anos no ar, A Grande Família chegou ao fim em clima de saudade e o elenco concorda que a série deve acabar no auge e não ficaram tristes, ficaram alegres pois se tornaram uma família de verdade e foi um grande trabalho e ficará boas lembranças e sentimento de total sucesso e um bom trabalho.

agrandefamilia-ultimocpitulo
As estrelas que irão dar vida à família Silva na série.

No episódio final, a família de Lineu recebe um telefonema da Rede Globo dizendo que gostaria de fazer uma série sobre a vida deles e grandes estrelas irão interpretar cada um da família começando por Tony Ramos que fará Lineu e Gloria Pires que interpretará Nenê. Na série fictícia estão também Deborah Secco e Lázaro Ramos como Bebel e Agostinho, já Florianinho é interpretado por JP Rufino. Paulão e Lurdinha são interpretados por Alexandre Borges e Luana Piovani e Marcelo Adnet fará o Tuco.

televisao-programa-a-grande-familia-globo-20140901-003-size-598
Bastidores da gravação do último episódio

Responsável por dar vida à Dona Nenê, Marieta Severo se despede. “Cada coisa é uma despedida. Cada coisa é para desatar esses nós. São 14 anos fazendo a personagem, convivendo com os colegas. É muito especial”, afirmou a atriz.

“Dá vontade de sorrir. Não dá vontade de chorar, não. As coisas são assim na vida. As coisas duram um tempo e a gente, depois, tem uma memória, uma lembrança. Não tenho vontade de chorar, não”, emendou Pedro Cardoso, o Agostinho. “Foi muito bom. Fizemos meia temporada no ano passado, meia temporada nesse ano. Foi para acostumar. E também porque o público pede para que a gente continue, mas 14 anos está bom, né?!”, disse o ator durante entrevista ao “Vídeo Show” desta sexta-feira (5).

A Grande Família deixou saudades, era um programa leve, engraçado e que retratava muito a família brasileira mas, tudo chega ao fim e melhor que seja no auge. O  seriado dará espaço para a nova temporada do The Voice Brasil que estreia quinta-feira dia 18.

Já correm boatos de que este “elenco fictício” pode não ser tão fictício assim e que existe a possibilidade do seriado voltar com estes novos atores.

nne
Ensaio da gravação do último episódio.
Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Petrobras cancela patrocínio da Fórmula 1 na Globo por ordem de Bolsonaro #boato

Espalhe por ai: Boato – O presidente Jair