Espalhe por ai:

Quarenta e duas pessoas foram presas ontem (25) pelas autoridades americanas durante confrontos em protesto de Tijuana, na fronteira entre os Estados Unidos e o México, por onde milhares de imigrantes tentam cruzar para entrar no país governado por Donald Trump.

De acordo com a Folha, Rodney Scott, chefe da Patrulha de Fronteira em San Diego, nos EUA, disse hoje (26) que a maioria dos imigrantes latinos não estavam pedindo asilo e que a quantidade de mulheres e crianças entre eles é pequena. “O que eu vi na fronteira ontem [domingo] não foram pessoas indo até agentes da Patrulha de Fronteira e pedindo asilo.”

Os confrontos resultaram de uma manifestação pacífica de centenas de imigrantes em Tijuana, que pediam ao governo americano que acelere o processo de concessão de asilo aos integrantes da caravana. As autoridades mexicanas e americanas foram ao encontro do ato para impedir que se aproximassem da fronteira.

Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Erro afeta folha de pagamento de mais de 1,3 mil militares reformados na BA

Espalhe por ai: A folha de pagamento de