Espalhe por ai:

Eleito deputado estadual, Robinson Almeida (PT) afirmou, nesta sexta-feira (4), que seria um “prazer” ser candidato a prefeito de Salvador em 2020 para derrotar um eventual candidato do prefeito ACM Neto (DEM). Hoje, o nome mais cotado é do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) para ser o indicado de Neto. “Disputar Salvador e derrotar o candidato de ACM Neto seria um prazer muito grande para minha trajetória política”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias. “Ainda é cedo para as decisões de 2020. Agora, muitas pessoas me procuram, dentro do PT e fora, dizendo que eu tenho perfil para ser uma candidatura nova para o debate aqui na cidade. Vamos conversar dentro do grupo para amadurecer”, acrescentou, durante inauguração da contenção de uma encosta, na Travessa Dom Luís de Vasconcelos (Brejal), no Alto do Peru. Robinson Almeida ainda falou sobre a eleição dentro do PT. Para ele, Éden Valadares tem um “perfil bom” para ser o novo presidente da sigla. “É jovem e com ideias renovadoras. Sou muito simpático a sua candidatura. Sou simpático à tese da renovação”, declarou.

Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Justiça autoriza ida de Lula ao velório do neto em São Paulo

Espalhe por ai: Arthur Araújo Lula da Silva