Espalhe por ai:

O Dia Nacional da Consciência Negra foi motivo para realização de mais um evento promovido pela Unegro, na cidade de Camaçari região metropolitana de Salvador na Bahia,  a  mobilização de sindicalistas, militantes, juventude, parlamentares e representantes de matriz africana e evangélicos, para debaterem assuntos como racismo,  femenicidios, homofobia, intolerância religiosa, alem de  retirada de  direitos trabalhistas.

Com o tema:  ” Resistência negra, e as estratégias de luta para combater a opressão e o racismo.”  Entre os presentes os dirigentes da  Unegro Camaçari, Naelson Pereira ,presidente,  e Suzana Lima, secretaria de gênero.  Entre  os palestrantes Aurino Pedreira ,dirigente da CTB, Ângela Arcanjo, secretaria da mulher Metalúrgica do STIM Camaçari. Os parlamentares da Câmara Municipal foram representados pelos  vereadores  Binho do dois de julho( PCdoB) e Marcelino ( PT).

Professor Vital Vasconcelos, Dirigente do PCdo B local.

Para Everaldo Vieira, vice-presidente da Unegro-Ba, “Nesse momento de aglutinação da massa no espaço do trabalhador e da trabalhadora para debater as saídas para um mundo melhor e a garantia de melhores condições de trabalho, segurança, respeito, e uma vida digna com todos os dispositivos assegurados pela constituição. Isso também é empoderamento, formação e informação, e será sobretudo incansavelmente, as nossas bandeiras de luta é disposição pra ocupar as ruas, as periferias, o ambiente de trabalho, incentivando contudo a negrada de homens e mulheres em disputar e ocupar o poder, seja no setor empresarial, no legislativo, no executivo e no judiciário, por que vidas negras Importam sim.” Concluiu o dirigente.

Everaldo Vieira, vice-presidente da Unegro-Ba
Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Erro afeta folha de pagamento de mais de 1,3 mil militares reformados na BA

Espalhe por ai: A folha de pagamento de