Espalhe por ai:

Nos último dois anos, Cristiano Ronaldo marcou 58 gols e conquistou seu quinto título de melhor jogador do mundo. Mas não é só dentro do campo que Cristiano Ronaldo é considerado, por alguns, o melhor do mundo. Muito se fala do envolvimento dele em causas sociais. Em alguns momentos, há até exageros. Como é o caso da história de hoje.

Envie #boato para o número (61) 9177-9164 (WhatsApp) e receba as nossas atualizações gratuitamente

Uma delas seria a doação de fundos para a construção de um hospital infantil no Chile. É o que aponta uma informação que tem circulado pelo Facebook e WhatsApp. Leia o que diz a mensagem: “O odiado Cristiano Ronaldo construiu e doou um hospital infantil no Chile. Já Neymar, um evangélico, sonegou R$ 200 milhões”.

Cristiano Ronaldo construiu hospital infantil no Chile e Neymar sonegou R$ 200 millhões?

Com esse histórico, não é difícil acreditar que o craque tenha construído um hospital para atender as crianças chilenas. Mas será mesmo verdade que Cristiano Ronaldo construiu um hospital pediátrico no Chile e Neymar sonegou R$ 200 millhões? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Para começar, saiba que a história é resultado da soma de duas fake news. A primeira delas, que foi desmentida por essa que vos fala, apontava para uma dívida de Neymar de R$ 200 milhões com a Receita Federal. Acontece que a informação é fruto de uma versão exagerada da notícia sobre o acordo judicial de Neymar, publicada pelo site da ESPN.

Pois bem, em 2015, Neymar foi investigado por supostamente fazer uso de empresas e contratos de imagem para sonegar impostos. Na época, a Receita Federal atuou o jogador em R$ 188 milhões. A acusação era de que Neymar deixou de declarar R$ 63 milhões entre 2011 e 2013, período em que o jogador ainda defendia o Santos e durante a transferência para o Barcelona. Quando o processo foi julgado, Neymar ganhou a causa e a Receita Federal desistiu do processo. Ou seja, a informação de que o craque brasileiro sonegou R$ 200 milhões não procede.

Agora, vamos ao Cristiano Ronaldo. Tudo começou em dezembro do ano passado quando a firma de advocacia Brafman & Associates, sediada em Nova York, anunciou que o empresário italiano Alessandro Proto e Cristiano Ronaldo financiariam a construção de um hospital pediátrico em Santiago do Chile, em 2020.

O grande problema é que a imprensa publicou a informação com base em um depoimento e, no dia seguinte à publicação, veio o desmentido. Em nota, o atacante do Real Madrid negou a informação. Nesta matéria da ESPN, o representante de Ronaldo, afirmou que o atacante não planeja construir um hospital pediátrico no Chile. Mais do que isso: CR7 disse que não tem nada a ver com o empresário que divulgou e, de acordo com o jogador, sempre divulga notícias falsas.

Ou seja, nem o Cristiano Ronaldo (apesar de ser conhecido por ajudar em causas sociais) construiu um hospital no Chile nem Neymar sonegou R$ 200 milhões no governo do Brasil. A história é falsa e a comparação, no mínimo, infeliz.

Nota do editor: só para lembrar que pau que bate em Chico bate em Francisco. CR7 também teve problemas com o fisco espanhol e Neymar, volta e meia, ajuda em obras sociais.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Erro afeta folha de pagamento de mais de 1,3 mil militares reformados na BA

Espalhe por ai: A folha de pagamento de