Espalhe por ai:

O Atlético de Alagoinhas empatou em 1 a 1 com o PFC Cajazeiras de Salvador e conquistou o título baiano da Série B

Salvador, BA, 26 (AFI) – O futebol da Bahia conheceu na tarde desse sábado o seu novo integrante da primeira divisão. É o Atlético de Alagoinhas que empatou em 1 a 1 com o PFC Cajazeiras de Salvador e conquistou o título baiano da Série B (equivalente a A2 em São Paulo). No regulamento do futebol baiano, apenas o campeão da divisão de acesso conquista o acesso, com o Atlético entrando no lugar do desconhecido Atlântico, rebaixado nessa temporada.

Com melhor campanha ao longo de toda a Série B, o Atlético entrou em campo no estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas (125 km da capital Salvador), jogando pelo empate, já que no primeiro jogo, disputada em Salvador, Atlético e PFC Cajazeiras empataram em 0 a 0. E isso que acabou acontecendo, com Atlético e PFC Cajazeiras empatando em 1 a 1.
No primeiro tempo, o PFC Cajazeiras abriu o marcador com uma bela cobrança de falta dolateral William (ex-Barretos) aos 33 minutos. No segundo tempo, precisando fazer um gol, o Atlético aumentou a pressão e empatou a partida aos 25 minutos com o volante Hércules (ex-Botafogo-PB) aproveitando um rebote em uma cobrança de falta.
Ex-Ituano, Arnaldo Lira conquista outro título na Bahia

Ex-Ituano, Arnaldo Lira conquista outro título na Bahia

Apesar de ser um jogo da segunda divisão da Bahia, a partida desse sábado foi bastante movimenta e de um nível técnico que surpreendeu positivamente com as duas equipes tendo postura tática definida e jogando ofensivamente.

ATLÉTICO DE ALAGOINHAS É CAMPEÃO COM JOGADORES FAMOSOS
O Atlético de Alagoinhas foi comandado pelo veterano treinador Arnaldo Lira, que já trabalhou em vários times do interior paulista e que tem muito prestígio no Nordeste. No time, jogadores experientes como o goleiro Jair, de 38 anos e que teve bons momentos no Bahia-BA e no CRB-AL; o zagueiro Allyson, de 36 anos e que jogou no Bahia-BA, Náutico-PE, Santa Cruz-PE e Fortaleza e o lateral esquerdo Vicente, de 35 anos e que atuou em alto nível na Série A do Campeonato Brasileiro em equipes de expressão como Ceará-CE, Atlético Mineiro, Ponte Preta, Coritiba-PR e São Caetano.
O Atlético de Alagoinhas é um time bastante tradicional e nos anos 1970/90 brigava com Fluminense de Feira de Santana, Itabuna e Catuense pela hegemonia no interior da Bahia, mas nos últimos anos vinha amargando a segunda divisão.
MENOS DE TRÊS MESES DE CAMPEONATO
Com apenas seis equipes, o Campeonato Baiano da Série B começou no dia 10 de março e teve duração de menos de três meses, fazendo com que o calendário do futebol brasileiro continue comprometendo as inatividades de jogadores e profissionais do futebol.
Com o acesso do Atlético de Alagoinhas, a primeira divisão do Campeonato Baiano de 2019 terá mais os seguintes nove times: Vitória, Bahia, Juazeirense, Bahia de Feira de Santana, Fluminense, Jacupiense, Jequié, Jacobina e Conquista.
Espalhe por ai:

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja também

Bolsonaro afirma que Rio voltará a sediar GP de Fórmula 1

Espalhe por ai: Presidente, Witzel e Crivella assinaram